MeU aLéM ...

Minha foto
Santa Catarina, SC, Brazil
Baiana e Escorpiana nata, 32 anos. Essa sou Eu, simples e transparente... Basta conhecer... Não estou aqui para induzí-los, quero que me vejam com olhar sincero, pq quero ser Eu mesma... Isso basta! Para chegar onde estou, Eu subi alto, caminhei o bastante. Fui a lugares impossíveis, mas não fui hoje, fui ontem. Não preciso de roupas belas. Não uso máscaras para fingir o que sou para agradar. Eu encanto pela minha essência, sorriso e olhar... "Faria tudo de novo".

sábado, 22 de agosto de 2015

- Overdose!

Esse tempo todo comportei me como uma cápsula, um escudo da vida talvez. Achando que iria durar pra sempre. 
Não suportando mais, as cápsulas  estouraram dentro de mim. Assim tendo uma overdose de sentimentos múltiplos..
Sensação única, nunca pensei que pudesse sentir tudo ao mesmo tempo, mas senti. 
Uma tristeza vindo uma alegria sem fim.
Ingratidão vindo uma gratidão imensa.
Decepção, culpa vindo uma satisfação de esta viva.
Ilusão, desencanto vindo um desejo uma lucidez.
Agonia , angústia, insegurança, ciúmes acompanhando a calmaria, segurança, compreensão e confiança.
Dó, desgosto, depressão, dor tendo a aceitação, esperança, equilíbrio e a fé como predestinação.
Infidelidade, medo, fracasso vindo do além a compreensão, verdades, certezas oculta.
Injustiça, nojo, inferioridade transbordando a sabedoria, respeito e o querer bem.
E de infinitos sentimentos sentir ódio, raiva, rancor de mim. Por amar demasiadamente, por acreditar numa loucura de uma paixão me entregando na embriaguez aumentando a overdose de múltiplos sentidos. Sentir o prazer pulsando nas veias, coração acelerado, suor frio, borboletas no estômago, pernas trêmulas e um olhar brilhante de uma pessoa que ainda acredita em amor, que o amor cura as feridas deixada pelo destino, que o amor penetra nas profundezas dos sentidos.. tirando os sentidos e dando sentidos as coisas e no decorrer faz perder o chão e faz olhar pro céu vendo quão lindo e perfeito é a imensidão do horizonte.
Talvez exista alguém que sinta como eu. Assim vou vivendo de expectativas e experiências que a vida me d'eu.
Liberdade e igualdade, nós temos direito. Encerrando ciclos!
Com a estrela na mão e a própria justiça no peito. Esse cordão vai me guiando e vivendo meus conceitos.. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

dO.eU.aLéM